Varizes provocam incômodos mas têm diversos tratamentos

0
Foto: Reprodução/O Seu Jornal
Spread the love

Os angiologistas alertam que passar longas horas em pé ou sentado  provoca o surgimento das indesejáveis linhas azul-arroxeadas nas pernas. O problema é conhecido como varize, atingindo cerca de 85% das brasileiras, entre 40 e 80 anos e, 80% deles, na mesma faixa etária, com mais de 2 milhões de pessoas sendo diagnosticadas, anualmente.

O angiologista e cirurgião vascular, coordenador do Hospital Biocor, Josualdo Euzébio, explica que as varizes são veias dilatadas e que a própria pessoa identifica o problema visualmente. Algumas das principais causas são genética, obesidade, sedentarismo e a trombose. A menstruação e a gravidez também influenciam no caso feminino.

Nem sempre as varizes são consideradas graves, mas causam dores nas pernas, câimbras, dormência e a sensação de peso, assim como a questão estética, um dos motivos para que grande parte das pessoas procure auxílio médico.

O especialista alerta que existem algumas alternativas para solucionar o problema, como procedimentos usando líquido esclerosante, espuma ou laser, no caso de veias mais superficiais e, a cirurgia, sendo pouco ou mais invasiva, indicada para casos mais sérios com a necessidade da retirada das veias comprometidas. A escolha da intervenção dependerá de cada paciente e do resultado dos exames.

A recomendação para qualquer caso é praticar atividades físicas, como a caminhada, para facilitar a circulação do sangue no corpo, prevenindo as varizes, evitando passar longos períodos em pé ou sentado, e buscando elevar as pernas por alguns minutos, acima do coração, ao longo do dia. Fonte: Admilson Resende

Sobre o Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *