Usina em Rifaina, SP, passa por simulado de evacuação nesta terça-feira (23)

0

Plano de Ação de Emergência (PAE) da Eletrobras Furnas vai orientar e treinar população que vive próximo ao local. Sirenes tocam a partir das 14h30. Usina Luis Carlos Barreto de Carvalho, em Rifaina (SP)
AC Junior/Divulgação Eletrobras Furnas
Pelo menos 60 propriedades instaladas próximas à Usina Hidrelétrica Luiz Carlos Barreto de Carvalho, em Rifaina (SP), participam nesta terça-feira (23), de um simulado de evacuação do Plano de Ação de Emergência (PAE) da Eletrobras Furnas.
Siga o canal g1 Ribeirão e Franca no WhatsApp
A ideia é orientar e treinar a população para possíveis situações de emergências no futuro.
Atualmente, a usina opera em nível de segurança verde, o que significa que é o nível usual de operação da barragem e não há quaisquer riscos no local. (veja mais abaixo)
De acordo com o coordenador da ação, Cristiano Simão, o alarme vai soar às 14h30 e a população local tem entre 30 minutos e uma hora para se deslocar aos pontos de encontro.
LEIA TAMBÉM
Público 60+ amplia busca por cursos de intercâmbio; veja opções e destinos favoritos
CÃOroinha: adotado por padre, cachorro Jhonny participa de missas e encanta fiéis em Barretos
‘Faz duas noites que não durmo’, diz dona de padaria invadida por caminhão descontrolado no interior de São Paulo
Uma estimativa de Furnas é de que quase 190 pessoas vivam atualmente nas Zonas de Autosalvamento (ZAS). Cerca de 25 profissionais estão envolvidos no PAE.
Ainda de acordo com Simão, a população será avisada por três meios: sirene fixa, sirene móvel e alerta via aplicativo no celular.
Sirenes fixas: instaladas em postes entre 15 e 20 metros, contam com alto-falantes para que a população seja comunicada de forma direta, global e rápida em uma situação de emergência
Sirenes móveis: cornetas que ficam em veículos da própria usina, que percorrem determinadas regiões para fazer a notificação
App alert indivíduo: aplicativo que informa a população sobre situações de emergência
“Essa população, ao receber a notificação através de uma dessas três formas, para as suas atividades e vai em direção aos pontos de encontro seguindo a rota de fuga. Esse simulado é pra gente testar e verificar se os procedimentos que foram estabelecidos estão adequados, estão aderentes para aquela região”.
Pontos de encontro durante simulado de evacuação na Usina de Luis Carlos Barreto de Carvalho, em Rifaina (SP)
Reprodução/Usina de Luis Carlos Barreto de Carvalho
Os pontos de encontro considerados para o simulado de evacuação desta terça-feira são:
Ponto de Encontro 11: próximo ao rancho do Gilberto
Ponto de Encontro 12: próximo aos ranchos Majestic e Gibelli
Análise de dificuldades
Ao g1, Simão explicou que um dos principais objetivos do simulado é identificar possíveis dificuldades da população que vive nas zonas de autosalvamento em lidar com situações reais de risco.
“Se teve algum tipo de dificuldade na identificação da rota de fuga ou no próprio acesso aos pontos de encontro, ou se teve dificuldade de entender a sirenes, se ouviu bem a sirene ou o próprio aplicativo, se recebeu a notificação. É um momento de treinar a população e de também ter esse feedback pra verificar se o plano está adequado e aderente às características da região”.
Atualmente, a Usina Hidrelétrica Luiz Carlos Barreto de Carvalho opera em nível verde, o que significa que não há quaisquer riscos de rompimento de barragem ou perigo iminente.
No entanto, o plano de emergência é importante para preparar a população para situações de risco. Outros três níveis são levados em consideração: amarelo, laranja e vermelho.
“Não tem qualquer anomalia que implica risco para a população, mas quando a gente pensa em plano de ação de emergência, a gente está falando a condição de laranja, vermelho. Então é para que a gente tenha tempo hábil de fazer essa evacuação em uma situação que eu tenha uma anomalia em estágio avançado”.
O simulado de evacuação começa às 14h30 e vai contar com o apoio da Defesa Civil de Rifaina.
Veja mais notícias da região no g1 Ribeirão Preto e Franca
VÍDEOS: Tudo sobre Ribeirão Preto e região

Sobre o Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *