Tupã confirma 10 novos casos de chikungunya; total no ano chega a 15

0

Transmissão da doença é feita por meio do mosquito Aedes aegypti nos ambientes urbanos. Casos de dengue e chikungunya preocupam moradores do centro-oeste paulista
A Prefeitura de Tupã (SP) confirmou, na segunda-feira (10), 10 novos casos de chikungunya em 2024. Segundo a Secretaria de Saúde do município, já são 15 casos da doença na cidade este ano. Em 2023, nenhum caso foi registrado.
📲 Participe do canal do g1 Bauru e Marília no WhatsApp
No sábado (8), o Departamento de Vigilância em Saúde recebeu 10 amostras de casos suspeitos de chikungunya e, após exames laboratoriais, todos os resultados foram positivos para a doença.
Segundo a Secretaria de Saúde, foram registrados um caso em março, na zona sul; quatro em abril, sendo três da zona sul e um da zona leste; e cinco em maio, sendo três da zona sul e dois da zona leste.
A transmissão da chikungunya é feita por meio do mosquito que também causa a dengue, o Aedes aegypti, nos ambientes urbanos. No meio rural, é o mosquito Aedes albopictus que dissemina a doença.
Assim como dengue e zika, a chikungunya também é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti
Freepik
Veja mais notícias da região no g1 Bauru e Marília
Confira mais notícias do centro-oeste paulista:

Sobre o Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *