São José dos Campos quer implantar vertiporto para ‘carros voadores’ até 2027

0
Spread the love

Vertiporto é local destinado para operação dos carros voadores. Segundo a SJK Airport, que administra o aeroporto de São José dos Campos, a implantação deve ter início a partir do ano que vem. ‘Vertiporto’ deve ser instalado em São José dos Campos (SP) até 2027
Divulgação
O Aeroporto de São José dos Campos anunciou nesta quarta-feira (10) uma parceria para implantar um vertiporto, local destinado para operação de veículos elétricos de pouso e decolagem vertical (eVTOL, na sigla em inglês), conhecidos popularmente como ‘carros voadores’.
A parceria entre a SJK Airport, que administra o aeroporto joseense, e a VertiMob Infrastructure prevê que os trabalhos para instalação do vertiporto comecem a partir de 2025. A implantação deve ser concluída até 2027.
✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp
Segundo a SJK Airport, a iniciativa também visa participar do processo regulatório da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para implantação de infraestrutura necessária dos carros voadores.
“Para que essas aeronaves possam operar de forma segura e eficiente, é necessário desenvolver e regulamentar as infraestruturas adequadas para pousos, decolagens e apoio no solo, embarque, desembarque e facilitação, são os chamados vertiportos”, diz trecho da publicação da SJK Airport.
O vertiporto experimental deve ser implantado na área de teste de motores do aeroporto. A área é considerada adequada para a iniciativa.
Embraer divulga novas imagens do primeiro protótipo em escala real do ‘carro voador’
Carros voadores
O cronograma de implantação do vertiporto acompanha a previsão do início da operação dos carros voadores no Brasil, segundo a Embraer, que fabrica os eVTOLs (sigla em inglês para ‘veículo elétrico de pouso de decolagem vertical’). A ideia é que eles estejam operando até o fim de 2026.
De acordo com Eve Air Mobility, corporação de mobilidade urbana responsável pelos eVTOLs da Embraer, já há cartas de intenções para até 2.850 carros voadores para operadores de helicópteros, companhias aéreas, empresas de leasing e plataformas de voos compartilhados em todo o mundo.
As diferenças entre helicóptero, eVTOL e avião elétrico
Daniel Ivanaskas/Arte g1
Veja mais notícias do Vale do Paraíba e região bragantina

Sobre o Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *