Polícia Militar prende 17 pessoas na Baixada Santista

0
Foto: Polícia Militar

Foto: Polícia Militar

Integrada à Operação Sufoco, a ação resultou também na apreensão de mais de 4,5 quilos de drogas e de uma arma de fogo

 

Por Gariela Pereira

A Polícia Militar prendeu, nesta quinta-feira (02/6), 17 pessoas durante Operação Baixada Santista Mais Segura. Cinco delas eram procuradas pela Justiça e os outras 12 foram presas em flagrante por tráfico de drogas, roubos e furtos.  A ação, que teve o emprego de 220 policiais e contou com o apoio de 100 viaturas,  foi realizada no âmbito da Operação Sufoco, resultado também na apreensão de 4,5 quilos de drogas e uma arma.

Durante os trabalhos de campo, os policiais das equipes do Batalhão de Ações Especiais da Polícia (BAEP), da Força Tática e das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam),  realizaram mais de 80 bloqueios, sendo vistoriados 1,1 mil veículos.

A Operação Sufoco

A Operação Sufoco foi iniciada no dia 4 de maio para combater os crimes patrimoniais, com destaque para os roubos e delitos cometidos por falsos entregadores de delivery, e a criminalidade em geral, na cidade de São Paulo, se estendendo para a região metropolitana e interior. A ação começou no mesmo dia em que foi anunciado um aumento na quantidade de policiais nas ruas da Capital, dobrando o efetivo operacional por meio de atividades extras.

Prisões e apreensões

A Operação Sufoco já deteve mais de 3,5 mil pessoas e vistoriou cerca de 214 mil veículos, sendo 75,8 mil motocicletas. Foram apreendidos 8,6 mil veículos, sendo 3,7 mil motos, e recuperados um total de 499 veículos que haviam sido roubados ou furtados.

Até o momento, foram apreendidas, cerca de 16,7 toneladas de drogas e mais de 210 armas. Também foram recolhidos simulacros de armas, cartões bancários, máquinas de cartão, celulares e carcaças de celulares, veículos de alto valor, itens de informática, mais de R$ 122 mil em espécie, dinheiro estrangeiro, entre outros objetos. Fonte: SSP SP

Sobre o Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *