Pela 2ª vez, queima controlada de gás retido na carga de caminhão que caiu em ribanceira é prorrogada

0
Spread the love

O acidente aconteceu na madrugada de sexta-feira (28) na SP-294, em Gália (SP), e a remoção dos 22 mil litros de GLP teve início dois dias depois. Nova previsão indica que os trabalhos devem ser concluídos até o próximo domingo (14). Esta é a segunda queima de gás no Brasil em 2024. Queima controlada de gás de caminhão é prorrogada mais uma vez em Gália
A empresa que realiza a queima controlada do gás transportado em um caminhão-tanque que caiu em uma ribanceira, às margens da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, a SP-294, em Gália (SP), prorrogou o prazo para a conclusão do serviço.
📲 Participe do canal do g1 Bauru e Marília no WhatsApp
O acidente aconteceu na madrugada de sexta-feira (28), e a remoção dos 22 mil litros de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) teve início dois dias depois. A primeira previsão para o fim da queima controlada indicava que o serviço terminaria no dia 3 de julho. Depois, o prazo foi estendido para o último domingo (7).
Desta vez, a empresa responsável pelos trabalhos indicou que eles devem ser concluídos até o próximo domingo (14). De acordo com informações da Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp), parte da carga vazou logo após o acidente.
Caminhão-tanque carregado com gás caiu na ribanceira em Gália
TV TEM/ Reprodução
Após avaliação do Corpo de Bombeiros e da Polícia Rodoviária, ficou constatado que a melhor alternativa é retirar o caminhão da ribanceira somente após a eliminação total do gás transportado, uma vez que o risco de explosão era grande caso o caminhão fosse removido ainda com carga.
A empresa que faz a queima do GLP é especializada em ocorrências envolvendo produtos perigosos. De acordo com ela, esta é a segunda queima de gás no Brasil em 2024. A primeira foi realizada no estado da Bahia.
Antes de iniciar a queima do produto inflamável, a concessionária que administra a via realizou a capinação da área no entorno do veículo. Uma equipe técnica permanece no local durante 24 horas para acompanhar os trabalhos e preservar a segurança dos usuários da pista.
Queima controlado do gás de caminhão-tanque que caiu na ribanceira em Gália
Adolfo Lima / TV TEM
Por conta do acidente, a faixa da direita e o acostamento da rodovia no km 391 seguem parcialmente interditados. Mesmo com a passagem de veículos liberada, o tráfego é lento no local.
Segundo a concessionária que administra a rodovia, quando a queima do gás terminar e tiver início a remoção do caminhão-tanque, haverá a interdição total da pista no sentido oeste. A previsão é de que o trabalho tenha início às 6h e conclusão somente às 17h.
Caminhão carregado com gás de cozinha caiu em uma ribanceira de cerca de 40 metros
Sarah Bonini / TV TEM
Durante esse período, os motoristas serão direcionados para rota alternativa. O desvio terá início no km 389 da SP-294, no dispositivo de acesso ao município de Fernão.
Os veículos que seguem no sentido Marília deverão acessar o desvio, seguir pela estrada municipal de acesso a Fernão, depois seguir sentido Gália, para assim acessar a rodovia Deputado Victor Maida (SPA 402/294), que faz a ligação com a rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, na altura do km 402.
Queima controlada do gás de caminhão-tanque que caiu na ribanceira em Gália
Adolfo Lima/ TV TEM
O acidente
De acordo com a Polícia Rodoviária, o motorista dirigia o caminhão-tanque no sentido Bauru-Marília quando perdeu o controle do veículo e caiu na ribanceira. Equipes dos bombeiros e da Polícia Rodoviária foram acionadas por volta das 4 horas da sexta-feira.
O condutor saiu de Limeira e levaria a carga até Marília. O homem morreu no local do acidente. Ele tinha 43 anos e não teve o nome divulgado.
Os destroços do veículo ficaram no acostamento.
Veja mais notícias da região no g1 Bauru e Marília
Confira mais notícias do centro-oeste paulista:

Sobre o Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *