Palmeiras vira sobre o América-MG em noite de festa pelo título Brasileiro

0

Foto: Getty Images

O Palmeiras fecha sua participação no Brasileiro no domingo (13), às 16h (de Brasília), contra o Inter, no Beira-Rio.

O Palmeiras fez valer sua força como mandante no Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira (9). Mesmo depois de sair perdendo com um gol de Benítez, virou a partida após Gustavo Scarpa e Murilo anotarem para os donos da casa. Campeão brasileiro, o time alviverde chega aos 81 pontos e bate seu próprio recorde de pontuação no Brasileiro.

Com a derrota, o América-MG estaciona nos 52 pontos, fica na sétima colocação, mas mantém boas chances de garantir a vaga para a Libertadores do ano que vem.

O Palmeiras fecha sua participação no Brasileiro no domingo (13), às 16h (de Brasília), contra o Inter, no Beira-Rio. No mesmo dia e horário, o América-MG recebe o Atlético-GO, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

O JOGO

Se pelo lado do Palmeiras a expectativa era pelo fim do jogo e a festa com a entrega da taça, os mineiros encaravam a partida com seriedade total, já que estão na luta por uma vaga na Libertadores.

O América-MG saiu para o ataque e logo no início Benítez obrigou Weverton a fazer boa defesa. O Palmeiras respondeu e Endrick quase marcou. Só que quem balançou as redes foi o time mineiro. Após boa trama com Juninho, Marlon foi derrubado na entrada da área. Benítez cobrou com categoria, jogou no ângulo e abriu o placar aos 14 minutos do primeiro tempo.

O time mineiro se aproveitava da baixa concentração do Palmeiras e seguia dominando as ações. Porém, na reta final do primeiro tempo, o clube alviverde paulista entrou no jogo. E tomou conta do campo de defesa do América-MG e foi empurrando o adversário para trás.

Assim, em uma jogada pela direita, Marcos Rocha foi calçado dentro da área. Pênalti que Gustavo Scarpa cobrou para empatar o jogo aos 42 minutos.

O começo da etapa final seguiu o mesmo roteiro do primeiro tempo. O América-MG voltou com o mesmo ímpeto ofensivo e chegou duas vezes ao gol de Weverton.

A resposta do Palmeiras, porém, foi mais rápida no segundo tempo. Scarpa, em cobrança de falta, acertou a trave de Cavichioli.

A partida então virou lá e cá, com os dois times chegando com facilidade aos gols. O Palmeiras então apertou o ritmo e colocou intensidade, pressionando o rival. Acertou a trave duas vezes em cabeçadas de Zé Rafael e Rony.

E foi justamente em uma jogada pelo alto que o Palmeiras virou a partida. Gabriel Menino, que havia acabado de entrar, cruzou para Murilo testar forte para o fundo do gol e fazer o 2 a 1. Depois do gol, o que se viu foi o Allianz explodir em gritos de “é, campeão!”

PALMEIRAS
Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Gómez, Murilo e Vanderlan; Danilo, Zé Rafael (Gabriel Menino) e Gustavo Scarpa (Atuesta); Dudu (Breno Lopes), Endrick (Bruno Tabata) e Rony. Técnico: Abel Ferreira

AMÉRICA-MG
Cavichioli; Cáceres (Patric), Conti, Éder e Marlon (Danilo Avelar); Juninho, Alê e Benítez (Wellington Paulista); Felipe Azevedo (Matheusinho), Everaldo e Henrique Almeida (Mastriani). Técnico: Vagner ManciniEstádio: Allianz Parque, em São Paulo (SP)

Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (Fifa/DF)
Auxiliares: Leila Naiara da Cruz (Fifa/DF) e Daniel Henrique Andrade (DF)
VAR: Wagner Reway (PB)
Cartões amarelos: Benítez e Juninho (AME); Marcos Rocha e Zé Rafael (PAL)
Gols: Benítez (AME), aos 14′, e Gustavo Scarpa (PAL), aos 42’/1ºT; Murilo (PAL), aos 35’/2ºT. Via Notícias ao Minuto

Sobre o Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *