Organizada do São Paulo marca protesto após vice da Sul-Americana e divulga salários do elenco

0
Torcida do São Paulo durante jogo do time no Morumbi. Foto: Jefferson de Aguiar

Manifestação terá torcedores são-paulinos com nariz de palhaço e está marcada para o duelo contra o Botafogo, no próximo domingo, 9

O São Paulo fez um jogo de superação, venceu o América-MG como visitante e entrou de vez na briga por uma vaga na fase preliminar da Copa Libertadores da América de 2023.

Ainda assim, a torcida do Tricolor ainda não “engoliu” o vice da Copa Sul-Americana, amargado com a derrota para o Independiente del Valle (Equador), no último sábado, 1º.

Líder da “Independente”, principal organizada do clube, Henrique Gomes anunciou que o próximo jogo do time, diante do Botafogo, no domingo, 9, no Morumbi, será marcado por um protesto.

Através do Instagram, o são-paulino “Baby”, como é popularmente conhecido, ironizou os atrasos no salário dos jogadores. “Realmente, [os atletas] estão passando necessidade. Temos que compreender… Na compra do nariz de palhaço, na Casa Independente, o ingresso e o saquinho de pipoca serão gratuitos.

Vamos saudar os nossos heróis”, ironizou o principal membro da uniformizada, que ainda divulgou uma lista com os salários do plantel. Veja ao final da matéria.

Logo após a vitória diante do América-MG, o atacante Luciano validou as manifestações dos torcedores, mas disse que a diretoria do São Paulo precisava se posicionar sobre alguns temas que englobam os bastidores do clube.

“Torcedor tem o direito de cobrar, até porque eles foram no estádio, apoiaram. Outras coisas que eles falam, eu acho que eles têm que saber a situação toda, total, espero que alguém venha falar para eles mais de cima porque a gente vê muitas coisas na internet e não é o que a gente faz porque a gente quer que o São Paulo sempre vença”, disse o jogador, em entrevista ao SporTV.

“E na final é impossível ir com corpo mole. Infelizmente a gente não estava num dia bom. Queríamos dar esse título para os familiares, para os torcedores. Espero que alguém possa contar o que está passando dentro do clube, as dificuldades que a gente está passando para todos entenderem o que realmente se passa no São Paulo”, completou o atacante.

Logo na sequência, o diretor de futebol do clube, Carlos Belmonte, reconheceu que o São Paulo está devendo para alguns jogadores, mas rechaçou qualquer tipo de “corpo mole” dos atletas na final contra o Del Valle.

“Na verdade, quando a gente tem uma derrota como essa que tivemos, que dói em todo mundo, acaba sendo natural que a torcida fique infeliz. Aí surgem ataques absurdos, como dizer os jogadores estavam discutindo bicho antes da partida contra o Independiente del Valle.

Primeiro que isso estava decidido há quase dois meses. E para deixar mais claro ainda, o nível do caráter que tem esse elenco aqui, nós não pagamos nem o bicho da vitória que nos levou à final, contra o Atlético-GO. Não foi pago porque a gente passa por um momento difícil.

Mas vai ser pago”, contou o dirigente. “Então assim, a gente perdeu porque o Del Valle jogou mais do que a gente. Com tudo o que esses jogadores já fizeram, com a entrega deles, é um absurdo.

Estamos junto com eles, sabemos o quanto eles se dedicam. Temos total confiança no técnico, no elenco. A gente confia no caráter deles. Acho que é isso que o Luciano quis dizer, a gente está com eles”, acrescentou. Via JP

Sobre o Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *