Mortes de famosos em 2022 abalaram o país: lista inclui Erasmo Carlos, Isabel Salgado e Gal Costa
Mortes de famosos em 2022 abalaram o país: lista inclui Erasmo Carlos, Isabel Salgado e Gal Costa

O ano de 2022 vem sendo de grandes perdas para o Brasil e o restante do mundo. Erasmo Carlos faleceu aos 81 anos em 22 de novembro de 2022, dias após deixar o hospital onde estava internado no Rio de Janeiro. A causa da morte do músico que marcou uma geração e ganhou o Grammy Latino de “Melhor Álbum de Rock ou Música Alternativa” foi revelada dias depois.

Mortes de famosos em 2022 abalaram o país: lista inclui Erasmo Carlos, Isabel Salgado e Gal Costa
Mortes de famosos em 2022 abalaram o país: lista inclui Erasmo Carlos, Isabel Salgado e Gal Costa

Entre os famosos internacionais, o público foi impactado com o anúncio da morte da atriz Kirstie Alley, protagonista da sequência de filmes “Olha Quem Está Falando”. A artista morreu aos 71 anos em 05 de dezembro, após uma luta contra o câncer descoberto recentemente.

Kirsten atuou ao lado de John Travolta em “Olha Quem Está Falando” (1989), “Olha Quem Está Falando Agora” (1990) e “Olha Quem Está Falando Também” (1993).

Ex-jogadora de Vôlei Isabel Salgado
A ex-atleta de vôlei Isabel Salgado morreu aos 62 anos em 16 de novembro. A Isabel do Vôlei, como era conhecida, morreu no hospital Sírio-Libanês em São Paulo e a causa da morte não foi divulgada. A morte do ícone do vôlei foi confirmada por Paula Barreto através de uma troca de mensagens.

Gal Costa e Rolando Boldin
A cantora Gal Costa morreu aos 77 anos em 9 de novembro. A artista foi uma das maiores intérpretes da MPB e estava afastada dos palcos desde setembro. No mesmo dia, aos 86 anos morreu o ator, cantor e apresentador Rolando Boldrin, que comandava o “Sr.Brasil” na TV Cultura desde 2005.

O artista teve passagens pela Globo, Record, Gazeta, Tupi e Bandeirantes ao longo da carreira, sendo o primeiro comandante do “Som Brasil” e atuando em novelas como “Os Imigrantes” (1981).

Susana Naspolini, repórter da Globo
Em 25 de outubro, aos 49 anos, morreu a jornalista Susana Naspolini. Gaúcha de Criciúma, a repórter do “RJTV” enfrentava um novo câncer, o sexto, dessa vez na bacia.

Rainha Elizabeth morre aos 96 anos
Já a Rainha Elizabeth II morreu aos 96 anos em um castelo da Escócia encerrando um reinado de 70 anos, o mais longo do Reino Unido. Com sua morte, o filho mais velho, Charles, assumiu o trono britânico.

Elza Soares morreu em janeiro de 2022
Em janeiro, Elza Soares morreu aos 91 anos no dia 20 de causas naturais. Chamou a coincidência que seu ex-marido, o craque Garrincha, também faleceu no mesmo dia e mês, mas de 1983. A cantora, uma das maiores do país, pressentiu a morte horas antes de nos deixar.

Jô Soares e Claudia Jimenez: as perdas marcantes do humor em 2022
Jô Soares morreu em 5 de agosto aos 84 anos de causas não divulgadas após oito dias de internação. Na carreira de aproximadamente 60 anos de carreira, atuou, escreveu e fez mais de 14 mil entrevistas em seus programas no SBT e Globo, entre 1988 e 2016.

Quinze dias depois, adeus a Claudia Jimenez, a eterna dona Cacilda da “Escolinha do Professor Raimundo”. A artista que também foi a Edileusa do “Sai de Baixo” morreu aos 63 anos de insuficiência cardíaca. Ao longo de 2022, também demos adeus a Suzana Faini, Ivan Gomes (o Batoré de “A Praça é Nossa”), Françoise Forton, Nádia Carvalho (a Santinha Pureza da “Escolinha do Professor Raimundo”), Isaac Bardavid (que também foi dublador), Rubens Caribé e Marilu Bueno.

Mundo das novelas perdeu Milton Gonçalves e Françoise Forton
Outro ícone que saiu de cena foi Milton Gonçalves, aos 88 anos em 30 de maio. O artista foi vítima de complicações de um AVC, sofrido em 2020. Um dos primeiros contratados da Globo, o ator chegou a ser indicado ao Emmy Internacional e acumulou incontáveis trabalhos na TV e cinema, além de ter sido expoente do movimento negro e candidato ao governo do Rio.

Outras perdas marcantes foram dos jornalistas Danuza Leão, Alberico Santa Cruz (ex-diretor de jornalismo da Globo), Arnaldo Jabor e Tão Gomes Pinto, do cineasta Breno Silveira, responsável por levar para o cinema a história de Zezé Di Camargo e Luciano, “Dois Filhos de Francisco”, e da porta-bandeira e ícone do carnaval do Rio Maria Helena, da Imperatriz Leopoldinense.

Música perdeu ainda Paulinha Abelha e sertanejo Aleksandro
Em 23 de fevereiro, aos 43 anos, a cantora Paulinha Abelha, vocalista do Calcinha Preta, não resistiu a complicações de um problema renal, que a levaram para o hospital o dia 11 daquele mês. Seis dias depois a artista entrou em coma.

Cerca de um mês mais tarde (25 de março), o baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins foi encontrado morto em hotel da Colômbia aos 50 anos. Já em 9 de maio, seis pessoas morreram em acidente de ônibus na rodovia Régis Bittencourt. Entre eles, o sertanejo Aleksandro, dupla de Conrado. A música também perdeu Roberto Luna e Gilson de Souza. Via: MNS

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.