Índice FipeZAP+ registra alta de 0,46% nos preços residenciais em novembro

0

O Índice FipeZAP+ registrou alta de 0,46% em novembro de 2022, seguindo o avanço de 0,59% no mês anterior. Comparativamente, o IGP-M-FGV apresentou uma deflação mensal de 0,59%, enquanto a anterior da extinção ao consumidor dada pelo IPCA-15-IBGE indicou um incremento de 0,53% nos preços ao consumidor.

45 das 50 cidades monitoradas registraram elevados nos preços residenciais, o que inclui 14 das 16 capitais envolvidas no índice: Vitória (+2,65%), Campo Grande (+2,60%), Maceió (+1,80%); Recife (+1,75%); Goiânia (+1,68%); Manaus (+1,37%); João Pessoa (+0,87%); Florianópolis (+0,79%);
Curitiba (+0,76%); Fortaleza (+0,64%); São Paulo (+0,42%); Belo Horizonte (+0,21%); Porto Alegre (+0,06%); e Rio de Janeiro (+0,01%).

Em Brasília (-0,07%) e Salvador (-0,05%), em contrapartida, foram apurados recuos marginais nos preços de venda de imóveis residenciais.

Até novembro de 2022, o Índice FipeZAP+ de Venda Residencial acumulou uma alta nominal de 5,84% no ano, variação superior à pegada ao consumidor de 5,26% (considerado o comportamento observado do IPCA-IBGE até outubro e a prévia para novembro, dado pelo IPCA-
15-IBGE), bem como em relação ao comportamento do IGP-M-FGV no período (+4,98%).

Deixe seu Comentário

Sobre o Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *