Incêndios próximos a áreas de mata preocupam moradores do Alto Tietê

0
Spread the love

Motoristas que passavam por um trecho da Estrada de Santa Isabel, nesta segunda-feira (17), ficaram assustados com o fogo alto na mata. Outros dois pontos de incêndio também foram registrados em Arujá. Em Mogi das Cruzes, um incêndio atingiu uma ocupação em Brás Cubas. Motoristas que passavam pela Estrada de Santa Isabel, em Arujá, ficaram assustados com o fogo alto na mata
Ariane Barbosa/Arquivo pessoal
O tempo seco e a baixa umidade do ar têm favorecido os focos de incêndio em áreas de mata no Alto Tietê. Nesta segunda-feira (17), os motoristas que passavam por um trecho da Estrada de Santa Isabel, em Arujá, ficaram assustados com fogo alto na mata (veja na foto acima).
Em outro ponto da cidade, as câmeras de monitoramento flagraram um homem descendo do carro e supostamente ateando fogo em um terreno que fica na Rua Tsugye Immanisse, no Center Ville. Nas imagens é possível ver que, quando ele se afasta, a fumaça sobe. O Corpo de Bombeiros foi acionado para combater as chamas.
A Prefeitura disse, em nota, que foi constatada a utilização de fogo por meio de imagens e denúncias feitas por moradores. Afirmou ainda que tal circunstância está em desacordo com as leis municipais e, por isso, a pessoa foi autuada em quase R$ 1 mil.
Já os moradores de um condomínio, também em Arujá, ficaram apreensivos com outro foco de incêndio em uma área verde. Segundo quem mora perto do local, o fogo se alastrou rapidamente.
Incêndio atingiu área de ocupação no distrito de Brás Cubas, em Mogi das Cruzes
Reprodução/Redes sociais
Já em Mogi das Cruzes, os moradores do distrito de Brás Cubas reclamam das queimadas em uma área de ocupação perto da linha do trem. Eles contam que a fumaça invade as casas, apartamentos e até estabelecimentos comerciais.
Entre tantos transtornos, estão os problemas de saúde. Os moradores afirmam que, nesse período de tempo seco, os efeitos são sentidos com mais intensidade.
Em nota, a Prefeitura de Mogi das Cruzes afirmou que realiza a fiscalização de queimadas por meio do Departamento de Fiscalização de Posturas. De acordo com a legislação municipal, a infração é passível de multa, mas a autuação só é possível em casos de flagrante.
A administração municipal disse ainda que conta com a Patrulha Ambiental, da Guarda Civil Municipal (GCM). As denúncias devem ser feitas pelo telefone 153 da Central de Operações Integração.
Alerta da Defesa Civil
O Centro de Gerenciamento de Emergência da Defesa Civil estadual publicou o Mapa de Risco de Incêndio com a previsão riscos de incêndio em todo o estado nesta semana. A explicação para o risco elevado de incêndios florestais é a ausência de chuva e a baixa umidade relativa do ar em todo território paulista.
Segundo o meteorologista da Defesa Civil, Willian Minhoto este tempo seco e quente deve permanecer até pelo menos segunda-feira (24), com ausência completa de chuva e umidade relativa do ar abaixo dos 30% em diversos municípios.
Diante disso, medidas de prevenção devem ser adotados também pela população, como: não colocar fogo em áreas de vegetação seca, não jogar bitucas de cigarro em beiras de rodovias, não realizar a limpeza da área rural utilizando técnicas com fogo, não queimar lixo e não soltar balão.
Já os cuidados com a saúde incluem hidratação constante, beber bastante água e se proteger do sol. A prática de atividade física ao ar livre deve ser evitada nos horários mais críticos do dia e é recomendado o uso de soro nos olhos e nariz.
Assista a mais notícias sobre o Alto Tietê

Sobre o Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *