Guilherme de Pádua gravou pedido de perdão a Gloria Perez antes de morrer: ‘Quero deixar registrado’

0
Guilherme de Pádua postou um vídeo com um pedido de perdão no seu canal no YouTube. Foto: Reprodução/YouTube/Guilherme de Pádua

Assassino de Daniella Perez, que se tornou pastor ao sair da prisão, também pediu perdão ao ator Raul Gazolla

O ex-ator Guilherme de Pádua gravou um pedido com um pedido de perdão três meses antes de morrer. O assassino de Daniella Perez faleceu no último domingo, 6, aos 53 anos, após sofrer um infarto. Em seu canal no YouTube, Guilherme, que se tornou pastor após deixar a prisão, postou um vídeo dizendo que muitas pessoas o julgavam e não acreditavam na sua conversão porque nunca tinham visto um pedido de perdão dele aos familiares e amigos da atriz – que foi morta a facadas quando tinha 22 anos.

Na época, ele interpretava o par romântico da artista na novela “De Corpo e Alma” (1992), escrita pela mãe de Daniella, a autora Gloria Perez. “Não tiro a razão de quem duvida da minha conversão, até porque eu mesmo duvido da minha conversão.

Muitas vezes acordo e pergunto para Deus: ‘Eu creio no Senhor mesmo? Eu tenho fé? Eu amo meu próximo? Ou eu estou [na igreja] só por interesse? Ou quero de alguma forma encobrir a culpa, amenizar a culpa que eu sinto dentro de mim?”, comentou Guilherme.

“Não sou uma pessoa normal. Alguém que cometeu um crime tem mil pensamentos que não são comuns. Já fui uma pessoa normal e sei a diferença de alguém que não cometeu um crime. Sei o que eu me tornei depois de cometer um crime.”

“Talvez eu nunca vou ter uma oportunidade real de pedir perdão, por isso, Gloria Perez, eu te peço perdão por todo o sofrimento que eu te causei. Eu jamais esqueci daquele encontro na carceragem.

Raul Gazolla [viúvo de Daniella], eu te peço perdão. Eu nunca esqueci o dia que eu fui chamado na delegacia, você estava lá e se arrastou até mim, me abraçou chorando e eu vi que era a pior pessoa do mundo.

Nunca senti algo como senti naquele momento. Peço perdão aos familiares, aos amigos, a todos que se envolveram nessa história e se entristeceram, que se revoltaram”, declarou o ex-ator.

“Eu sei que esse pedido de perdão talvez não signifique nada, mas eu quero deixar registrado, não que isso vá gerar o perdão porque o perdão é um dom de Deus e tem mais a ver com quem perdoa do que com quem é perdoado.

Se eu tivesse no lugar de vocês, provavelmente eu não perdoaria. Não espero perdão, mas deixo aqui registrado meu pedido.” Assista ao vídeo: Via JP

Sobre o Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *