DDM investiga denúncia de estupro coletivo contra adolescente que teria acordado no chuveiro de cadeira de rodas após festa

0

Vítima, de 17 anos, e uma amiga foram a uma festa em uma casa, em Bauru (SP). No local, a jovem revelou que as duas teriam adormecido, e ela teria acordado sentindo dores e com a calça jeans desabotoada. Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Bauru (SP) investiga o caso
Polícia Civil/Divulgação
A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) investiga o caso de um suposto estupro coletivo contra uma adolescente de 17 anos, em Bauru (SP).
📲 Participe do canal do g1 Bauru e Marília no WhatsApp
De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima e uma amiga de 13 anos foram a uma festa em uma casa, no Parque Jaraguá, na madrugada de domingo (9). Antes de irem para o endereço, as duas passaram em uma adega, onde consumiram bebida alcoólica.
Já no local da festa, a jovem de 17 anos revelou que as duas teriam adormecido, e ela teria acordado embaixo de um chuveiro, em uma cadeira de rodas, com a calça jeans desabotoada e sentindo dores.
Ainda conforme o BO, a amiga mais jovem a ajudou a trocar de roupa e as duas foram embora do local em um carro de aplicativo. Ao contar para a mãe o que tinha acontecido, a genitora levou a jovem até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Mary Dota, onde a vítima recebeu atendimento médico.
No depoimento, a adolescente relatou, ainda, que um homem teria dito que, naquela noite, ela havia tido relações sexuais com “cinco”. O boletim de ocorrência foi registrado como estupro, mediante participação de duas ou mais pessoas.
A DDM fez buscas domiciliares nesta terça-feira (11), mas ninguém foi detido.
Veja mais notícias da região no g1 Bauru e Marília
Confira mais notícias do centro-oeste paulista:

Sobre o Autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *