Cerca de 200 mil sergipanos viveram abaixo da linha de extrema pobreza em 2022 | Sergipe
Cerca de 200 mil sergipanos viveram abaixo da linha de extrema pobreza em 2022 | Sergipe

Em 2022, cerca de 209 mil pessoas em Sergipe viveram abaixo da linha da extrema pobreza, conforme mostra um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgado nesta quarta-feira (6).

Considerando os parâmetros do Banco Mundial, viver abaixo da linha da extrema pobreza significa ter renda domiciliar per capita inferior a R$ 200 por mês.

Por outro lado, a taxa sofreu uma queda de 6% em relação a 2021, quando o número de pessoas vivendo na extrema pobreza era de 349 mil. Em 2020, época da pandemia da covid-19, o número de pessoas vivendo nessas condições era 195 mil.

Ainda segundo o ranking do IBGE, Sergipe foi a 11ª unidade federativa com maior proporção de pessoas nessa situação, mas apresentou menor índice do Nordeste.

Já em 2023, o IBGE revelou que o percentual da população sergipana que conta com R$ 637 mensais atingiu 45,6%. Apesar da porcentagem parecer pequena, o número de pessoas nessa categoria equivale a cerca de 1,076 milhão de pessoas.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.